Nossa Localização

Localização

ANASTÁCIA

Centro de Terapias Alternativas

Encarnação

  • Categoria: Textos
  • Publicado em sábado, 25 outubro 2008 09:52
  • Escrito por Luís Miguel
  • Visualizações: 7481

Encarnação

O processo da encarnação dura todo o espaço de uma vida. Não é coisa que ocorre no nascimento e depois acaba. Cada uma das fases principais da vida corresponde a vibrações novas.

Em cada fase, nova energia e nova consciência ficam à disposição da personalidade para a sua expansão. Cada fase apresenta novas áreas de experiência e saber. A vida está cheia de descobertas e desafios emocionantes para a alma. O processo de encarnação é dirigido pelo Eu Superior. Esse padrão de vida é mantido na aura, um padrão que muda constantemente, à medida que o indivíduo faz opções de livre - arbítrio no processo de viver e crescer. À medida que ocorre o crescimento, o indivíduo abre sua capacidade de sustentar níveis mais elevados de vibrações, energias e consciência. Assim, como cada indivíduo progride, progride também numa perspetiva mais elevada do que a anterior, de tal sorte que toda a humanidade se move em seu plano evolutivo no rumo de vibrações mais altas e de realidades dilatadas. O princípio de progressão da raça humana.

O processo de encarnação antes da conceção: a alma em vias de encarnar, encontra-se com os guias espirituais a fim de planejar a vida que haverá de seguir. Nesse encontro, a alma e os guias ponderam sobre as tarefas que lhe incumbe realizar para o seu crescimento, no karma que precisa enfrentar e sistemas de crenças negativas que lhe cumpre esclarecer por meio da experiência. O trabalho da vida geralmente é mencionado com a tarefa da pessoa.

Por exemplo, a pessoa pode precisar desenvolver o espírito de liderança. Ao entrar na vida física, vai-se ver em situações em que a liderança é uma questão preponderante. As circunstâncias, para cada pessoa, serão inteiramente diferentes, mas todas se concentram na liderança. Uma pessoa pode nascer numa família em que a liderança é tradição, ao passo que outra pessoa nascerá numa família em que a liderança não existe. A tarefa da pessoa consiste em aprender a aceitar essa questão de forma equilibrada e confortável.

Escolhem-se os pais que proporcionarão a necessária experiência. Por isso se costuma dizer que são os filhos, que escolhem os Pais, e não são os Pais a escolher os filhos. Tais escolhas determinam as energias que formarão finalmente o físico em que a alma se encarnará para realizar sua tarefa. Tais energias fornecem à alma o equipamento necessário para cumprir a tarefa. A alma aceita o encargo de uma tarefa pessoal de aprendizagem pessoal (como a liderança).

Nesse exemplo, a liderança, o indivíduo precisará aprender essa qualidade ou habilidade antes de assumir o papel de liderança no campo de trabalho que tiver escolhido. Ele pode sentir-se intimidado pela linha da tradição familiar, ou sua reação a essa herança será de inspiração para prosseguir com a própria liderança. Cada caso é diferente e muito pessoal, conforme a alma que aqui veio deseja vivenciar.

O plano de vida contém muitas realidades, que permite escolhas, aí funciona o livre - arbítrio. Assim a vida está em ação de causa e efeito. Criamos nossa própria realidade. A criação, que emerge de muitas partes diferentes do nosso ser, nem sempre é fácil de compreender a partir de um simples nível de causa e efeito, embora muito da nossa experiência possa ser entendida por esse aspeto. Nós criamos o que desejamos. O que desejamos está contido na consciência, e no inconsciente, são ativadas forças criativas que se misturam para criar experiência em muitos níveis do nosso ser à medida que progredimos pela vida fora. O que se chama de karma, no meu entender, é a lei de causa e efeito a longo prazo, e também de muitos níveis diferentes do nosso ser, várias encarnações. Costuma-se dizer “cá se fazem, cá se pagam”, mas nem sempre é nesta vida, nesta encarnação.

Após o planeamento da encarnação no corpo físico, a alma entra num processo de perder aos poucos a consciência do mundo espiritual. A proporção que o corpo cresce dentro da mãe, a alma vai perdendo consciência de outras encarnações. Porque é completamente insustentável, e inatingível para o raciocínio humano, ter consciência de várias encarnações, essa consciência, é instalada quando estamos fora do corpo físico.

 

Comentar


Morada

Rua do Xisto 150 . Maia . Portugal
Tel: 96576 3788 
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Aqui tem acesso à nossa morada e dados de contacto. Após a sua visita online, aguardamos a sua visita presencial.

Newsletter

Inscreva-se na nossa lista de e-mails e será atualizado com as últimas notícias.

Registar na newsletter