Oricha Oko

Oricha Oko

Oko

Junto com Olokun, é o oricha mais poderoso neste mundo, e um dos mais venerados no panteão Yoyubá. Oricha Oko é a terra, ou seja, este planeta dividido entre terra e a água. Oricha Oko é Brumu, uma pessoa no caminho de Oddua, onde apresentava como um homem.

Do matrimónio da terra e do mar, nasceram todos os orichas da nossa religião, nasce o amor de Oko e Yemanjá, e nasce também uma paixão descrita no oddu 7-8. Este santo tem duas caras, de dia é um homem bonito e cativante e de noite aterrador, já que significa o caminho da morte. Este oricha fala só pela boca de Yemanjá e quando se faz Yemanjá com Oro para oricha Oko, sempre fala nos búzios de Yemanjá.

Todo o Santero e praticante deve ter este santo no Ita, pois a terra que pisamos e vivemos e comemos, irá receber mais cedo o mais tarde o nosso corpo. O motivo porque devemos receber este santo, é para ter firmeza e estabilidade na terra. Oricha Oko e Yemanjá são Ocaninis, ou seja, partilham o mesmo coração, e não há um sem o outro, e no signo 7 quer dizer água, céu, mar e terra.

É tão velho como Obatalá e tem a sua primeira etapa como o criador da terra, da qual todos pisamos e nos ampara no nosso crescimento na Ara (terra) para podermos viver em felicidade. Tudo que tem a ver com a terra é o oricha Oko, seja vivo ou morto, daí a sua grandeza com os humanos vivos e mortos, já que ele possui o mistério da vida e da morte. No panteão Yorubá depois de Olokun segue Oko, e fala no signo 7-8, e para ser filho deste oricha tem que vir no registo de Elegwua.

 

Dia da semana: sábado.

Cores dos colares: castanho.

Saudação: Agó Oko que significa “Licença, meu Pai”.

Comidas e frutas: todas as frutas e animais, pois ele é a terra.

 

Morada

Rua do Xisto, n.º 150 . 4475-509 Maia . Portugal
Tel: 965 763 788
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Horário: De 2.º a Sábado das 10:00h às 19:30h

Livro de Reclamações