Nossa Localização

Localização

ANASTÁCIA

Centro de Terapias Alternativas

Oddu: Iroso Metanla (4-13)

  • Categoria: Oddu Iroso
  • Publicado em quarta, 04 setembro 2013 15:16
  • Escrito por Okanbi / Omo Aggayú
  • Visualizações: 6606

2020502

ODDÚ:

IROZO  METANLA ( 4 - 13 )

 

O REFRÃO DESTE ODÚN DIZ:

“O que caminha lentamente, chega longe.” Ou “O que não se cuida, não conhecerá os seus netos.”

 

SANTOS QUE FALAM NESTE ODÚN: 

Obatalá, Eleggúa, Aggayú, Osain, Oyá, Orunmila, Asojuano

 

GENERALIDADES:

Se é homem então uma mulher vem casar consigo por vontade própria e ela lhe servirá com obediência e lealdade até ao final dos seus dias. Se é mulher encontrará um novo marido que a ajudará em tudo. Experimentará grandes problemas na sua vida, será difícil e viverá no meio de inimigos muito poderosos que sempre procuram destrui-lo e a sua salvação estará nas suas mãos e de um Babalawo que lhe irá fazer um bom sacrifício. Tenha cuidado que por causa do seu mau carácter o podem correr de sua casa ou do seu trabalho, o retiraram para colocar outro, devido à forma mal educada de tratar as outras pessoas. Ajudará uma pessoa que se apresentará repentinamente e isto o levará a uma posição importante. Sente mais inclinação pela bruxaria que pelos Orishás, e isso lhe causará desgraças. Corre o risco de ter defeitos físicos nas pernas por causa de um acidente originado por bebidas alcoólicas. Há uma viagem de negócios que trás fortuna. Há pessoas que o apelidam de bruto(a), é que às vezes custa-lhe a entender as coisas. A mulher grávida corre o risco de aborto. 

Não escute conselhos dos maiores. Negará pagar uma dívida. Em osogbo há chantagens, perdas e enganos. O homem pode chegar ao suicídio pelo abandono de uma mulher. A pessoa pode chegar a ser muito irritante quando fala. O homem proíbe de forma radical chupar a vagina da mulher, é que há o risco de três doenças altamente contagiosas que o mataram. Não se meta no campo ou no monte porque pode morrer. As coisas fazem-se melhor devagar. Esta letra marca amarração. Fala-se de doenças adquiridas, seja por transmissão sexual, contágio ou geneticamente. Fala de gestações anormais e fenómenos genitais (pénis enormes), fetos mal concebidos. Fala-se de sedução de menores de idade que produzem transtornos pessoais. As coisas que iam bem têm um retrocesso tremendo. Há perda de posição por discussões. Corre o risco de receber um golpe que produza paralisação. Perde a capacidade de análise. A mulher grávida corre o risco de abortos. É de carácter orgulhoso, fantasioso, faltoso, zeloso, violento. Lança maldições no seu interior e crê que os Orishás não o sabem. É uma pessoa que até chora de raiva quando não consegue o que deseja.

 

RECOMENDAÇÕES:

Fala-se de uma herança ou de que vai receber algum dinheiro, cuidado com armadilhas em papeis, há enganos, intranquilidade, hipocrisia, inveja, falsidades, ciúmes, e averigúe de quem para que se afaste deles, há um doente na família, não confie o seus segredos, pense claro para que não se sinta como na prisão ou desesperado, tem vizinhos intrometidos, tenha cuidado com a corrente eléctrica e as velas, não se vista igual a ninguém. Deve ter muito cuidado com uma doença que pode sair no sangue ou na pele, pague as promessas aos santos defuntos, não maltrate os cães preferivelmente não os tenha, trate de não abandonar o seu cada possua, dê mais importância às coisas para que não seja criticado pelo mundo, evite ser uma pessoa depravada, controle a sua forma de ser para que não passe algo que sirva de castigo, senão mudar a sua forma de proceder não terá um grande sucesso no futuro, trate bem a sua companheira para que não aconteçam mal entendidos, afaste-se das bebidas alcoólicas, trate de não viajar por um momentos, nunca tenha maus pensamentos contra você ou outra pessoa, aqui fala todo o espírito apegado a ele.

 

DOENÇAS RELACIONADAS COM O ODDÚ:

Abortos, cãibras, doenças desconhecidas e contagiosas, defeito numa perna devido a acidente por ingestão de bebidas alcoólicas, abortos, tumores malignos no ventre.

 

PROIBIÇÕES:

Não coma milho, não salte buracos nem fossas abertas, não entre em buracos, não coma amendoim.



Okanbi
Com a bênção do meu Pai Aggayú e Yemanjá
Para qualquer outra questão sobre este texto, pode-nos escrever para o nosso correio eletrónico e darei mais explicações ou retirarei dúvidas.

Comentar


Morada

Rua do Xisto 150 . Maia . Portugal
Tel: 96576 3788 
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Aqui tem acesso à nossa morada e dados de contacto. Após a sua visita online, aguardamos a sua visita presencial.

Newsletter

Inscreva-se na nossa lista de e-mails e será atualizado com as últimas notícias.

Registar na newsletter