Obi para Ellegua

Obi para Ellegua

Obi

Tenho recebido muitos pedidos como se faz um Obi a Ellegua. Fazer Obi a Ellegua com os cocos, e como se realiza essa cerimónia, deve sempre pedir a permissão ao seu Padrinho ou de Oyugbona. Este pedido é básico para todos que estão a iniciar-se na religião, para que não aja o desrespeito a um ancião.

Mesmo quando somos iniciados em Santo ou consagrados em Ifá, a pessoa religiosa terá sempre a "aprovação" dos seus padrinhos ou do ancião que o representa. Nenhum deles guarda segredos para si próprios, e há sempre alguém hierarquicamente superior que nos pode guiar e ajudar-nos. As regras devem ser respeitadas e isso é uma regra. Para colocar um addimu ao seu Oricha é necessário lançar Obi para Elleguá, para saber que tipo de oferenda teremos de colocar ao Oricha. Não entrando em detalhes em relação ao lançamento do oráculo Obi, temos de saber que Obi é um Oricha que devido a um erro grave contra Obatalá viu o seu estatuto ser reduzido a um oráculo secundário ao Dilloggun.

Depois da preparação do coco a Obi, e lançado sobre a esteira, podem sair 4 letras principais, que são ALAFFIA (quatro pedaços abertos) que representa felicidade, prosperidade espiritual e favorecimento de algo na vida. ETAWA (um pedaço fechado e três abertos) fala de êxitos e saúde estável e um prémio através do sacrifício. Também temos EYEÍFE (dois pedaços fechados e dois abertos) que anuncia estabilidade e tranquilidade na casa, algo de positivo a chegara a sua vida, e OKANA (três pedaços fechados e um aberto) que responde não, desgraças e infortúnios.

Por fim, se sair YEKU YEKU (quatro pedaços fechados) indica a necessidade de perguntar que desgraça vem a caminho, e como livrar-se disso. Desta forma consegue perceber que tipo de oferenda deve entregar a Elleguá. No entanto, se não houver o ensino deste oráculo pode sempre entregar a Elleguá um pequeno prato com a mesma comida que se come, evitando colocar quente e picante.

Doces, frutas frescas, pipocas, bolos de milho, peixe frito, inhame preparado em bolas ou cozido, temperado com Jutía, peixe fumado e milho assado, fazem parte de uma boa oferenda. Pode-se juntar aguardente, coco aberto em duas metades e arroz amarelo. Deve sempre antes de entregar qualquer oferenda a Elleguá, de o limpar bem com água fresca, pôr-lhe manteiga de corojo (óleo de palma), mel e soprar-lhe aguardente e acender-lhe um tabaco.

Sempre que o fizer, fale muito com ele sobre as suas preocupações e problemas e mostre-lhe que está grato pela sua presença na sua vida. Verá que ao estabelecer este tipo de relação com Eshu Elegbara, terá um excelente aliado e companheiro.

Saudações irmãos

Okanbi

 

Morada

Rua do Xisto, n.º 150 . 4475-509 Maia . Portugal
Tel: 965 763 788
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Horário: De 2.º a Sábado das 10:00h às 19:30h

Livro de Reclamações