facebook 3 24  instagram 24  youtube 24
Redes Sociais

ANASTÁCIA

Centro de Terapias Alternativas

Reiki e a Religião

  • Categoria: Textos
  • Publicado em segunda, 27 julho 2015 09:58
  • Escrito por Sérgio Silveira
  • Visualizações: 6679
Reiki e a Religião
A terapia Reiki está sendo rejeitada pela religião católica, no entanto, localiza já um significativo número de padres e religiosos que a utilizam para as suas necessidades pessoais.
Afinal, quem em nossos dias não se vê às voltas com desequilíbrios causados pelo stress e pela vida moderna?  Para compreendermos a aceitação que essa terapia energética encontrou na nossa sociedade religiosa, precisamos relacioná-la como é justo fazer, com a radiestesia. Em 1890, os abades Mermet e Bouly inventam o termo "Radiestesia" do latim "radius" (raio) e do grego "aisthêsis" (sensibilidade). Esta técnica sempre esteve presente nos meios eclesiásticos. Entre os radiestesistas mais famosos encontramos padres, abades e até bispos. Os seus principais praticantes, os padres da igreja católica, mantiveram-na praticamente entre as paredes dos templos e mosteiros, procurando mais usá-la do que divulgá-la. Ao que tudo indica o Reiki já conquistou o seu espaço em várias dioceses pelo mundo fora.
 

O REIKI NÃO ESTÁ LIGADO A NENHUMA RELIGIÃO

É uma energia que promove a expansão da consciência que nos coloca em contacto com o mais profundo que há em nós e é praticado por Cristãos, Islamitas, Hinduístas, Xintoístas, Budistas e também, por Agnósticos e Ateus, e são capazes de receber os benefícios do Reiki, porque ele não está vinculado a qualquer religião ou filosofia. O Reiki tende a unificar religiões, as raças ou estatutos sociais, entre muitas outras dualidades ou separações. 
Quando se está a praticar Reiki todas essas barreiras são quebradas e todas as pessoas se sentem uma só, no mais profundo dos seus seres. Reiki é Paz, Serenidade, Amor incondicional, Pureza e Respeito pelo próximo. Não existem gurus no Reiki, embora algumas pessoas se fixaram como tal. Mestres são seres humanos normais que são treinados para dar início a uma filosofia às pessoas. Eles têm características humanas normais, forças e fraquezas. Nós gostamos de pensar em nós mesmos como aprendizes. 

 

Contactos

Rua do Xisto, n.º 150

4475-509 Maia . Portugal
Tel: 96576 3788 
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Aqui tem acesso à nossa morada e dados de contacto. Após a sua visita “online”, aguardamos a sua visita presencial.

Livro de Reclamações Eletrónico