Nossa Localização

Localização

ANASTÁCIA

Centro de Terapias Alternativas

Dever Reikiano

  • Categoria: Textos
  • Publicado em quinta, 30 outubro 2008 09:52
  • Escrito por Luís Miguel
  • Visualizações: 7715

Dever Reikiano

O caminho a ser mudado pelo Reiki, a nossa obrigação como Reikianos. Há um caminho pelo qual podemos nos libertar do pecado, da doença, da pobreza e das consequências das guerras.

Este caminho consiste na mudança da nossa visão materialística da existência pela compreensão e consciência da espiritualidade da vida. Ao longo dos séculos, a visão materialística do universo e do homem gerou o medo acerca de nós mesmos e de nossas nações. Isto continuará e até mesmo, se intensificará à medida que sejam descobertas forças materiais sempre mais destrutivas. Como conseguir o caminho da segurança, da harmonia e da saúde? Simples, está em obter um certo grau de consciência espiritual.

O grande segredo está em que, apesar de crermos o contrário, o poder não está na matéria ou na visão materialista do homem. Aqueles que alcançaram um certo grau de consciência espiritual, comprovam a realidade do Espírito. A necessidade de abandonar a conceção materialística da vida para obtermos a consciência espiritual da vida e de seus desdobramentos, é o segredo de todos os profetas e santos de todos os tempos, assim como os apóstolos de Jesus.

Mas quando o mundo perceber que todo o sucesso obtido em melhorar as condições de saúde, mas principalmente mentais e espirituais, através do Reiki, (energia universal) sem ser necessária a renúncia materialista para obtenção da consciência espiritual, poderemos ter novas esperanças.

 

A QUESTÃO É: QUE PODE O HOMEM FAZER PARA OBTER ESTA CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL?

A resposta é: "Ler e estudar as verdades reveladas ao longo dos tempos sobre a Consciência universal, Alma ou Espírito, sobre a Lei universal, mas principalmente experiênciar a energia Reiki.

Tenham certeza de que, à medida que, se voltarem para a consciência espiritual, encontraram a paz, e o dia-a-dia se tornará mais calmo. O mundo externo vai-se moldar à compreensão interior da Verdade. A pessoa será testemunha de todas estas revelações, na medida em que vivenciará transformações interiores e exteriores. Assim sendo todos os reikianos, na minha forma de pensar, tem o dever de divulgar o Reiki (universal) a todas as pessoas, por forma a ajudar todos os nossos irmãos, a terem uma vida normal materialista (mas com outros fundamentos, pensamentos sobre bens materiais), mas com consciência universal, com o poder do Reiki, e assim poder viver em harmonia consigo e com o universo, para o bem supremo. 

 

COMO AJUDAR HUMANIDADE

Tanto os prazeres como as dores do mundo. Não podemos conseguir a evangelização da humanidade pelo poder mental ou pela força física, nem mesmo por uma sessão de Reiki única e esporádica, mas conseguimos unicamente pela visão espiritual da vida, que é cultivada por todos que devotam seus pensamentos á procura da bondade, do bem, da pureza e da luz, e a forma mais rápida, mais funcional, é por em prática os 5 princípios do Reiki.

Tudo o que está no mundo, os prazeres da carne, os prazeres dos olhos, o orgulho, não vem do Criador, vem do próprio mundo. Vamos observar um pouco, nossos pensamentos, nossas ambições e interesses, e vejamos se a nossa mente está voltada para a nossa saúde, para os prazeres dos sentidos ou para os ganhos mundanos. Se constatarmos tais pensamentos mundanos, temos de aprender a afastá-los, pois já não estamos no caminho do aperfeiçoamento das coisas humanas, mas a caminho do bem-estar espiritual.

Temos de praticar o Reiki em nós mesmos, de forma a harmonizar o nosso corpo e mente, e viver em harmonia com universo. Não nos enganemos. Somente aqueles que aprenderam a manter esta relação com Reiki, saboreiam a completa alegria do lar, do companheirismo e dos empreendimentos de sucesso. Somente aqueles que em certo grau se centrarem nesta relação, encontraram segurança, proteção e paz num mundo combalido pela guerra.

O Reiki não nos afasta do nosso meio normal, não nos priva do amor e do companheirismo tão necessários para uma vida plena. Ele apenas coloca tudo isto em um nível mais alto, onde não mais dependemos da sorte, das mudanças ou do azar, onde se manifesta o valor do que chamamos de cenário da vida.

Quando nos defrontarmos com um problema humano, em vez de nos esforçarmos para melhorar as condições humanas, aceitemos esse facto. Afastemos essa imagem e concentremo-nos na presença do Espírito divino em nós. Esse Espírito, dissolve as aparências humanas e revela a harmonia espiritual, ainda que essa harmonia se nos apresente como uma melhoria de saúde ou de riqueza, porque aquilo que somos por “dentro” transbordamos por “fora”.

Quando Jesus alimentou as multidões, o que apareceu como pão e peixe foi a sua consciência espiritual de abundância. Quando curou os doentes, foi o seu sentimento da Presença Divina que se manifestou como saúde, força e harmonia, essa transparência divina foi a lei da atração, atraímos aquilo que desejamos, aquilo que pedimos transforma-se em realidade, Jesus tinha esse pensamento super ativo de acreditar e acontecer, temos de acreditar dessa forma dessa maneira ativa, e por experiência se dermos as coisas como já adquiridas maior é a energia aplicada mais funcional se transforma, façamos então para o bem da humanidade.

Esta manifestação traz uma alegria inimaginável, aqui e agora, uma satisfação com a qual nem sonhamos e o amor de todos com quem fazemos contacto dia-a-dia, mesmo daqueles que desconhecem a fonte da nova vida que descobrimos. O homem natural não compreende as coisas do Espírito, que lhe parecem loucura; nem pode compreendê-las porque elas se discernem espiritualmente. Porque nos enganamos neste ponto! Com quanta frequência tentamos compreender a verdade espiritual com nosso intelecto humano!

E isso, leva à confusão mental, pois tentamos compreender assuntos espirituais com nossa mente erudita. Isso não funciona. A verdade não é um processo de raciocínio. A verdade não está normalmente na esfera do nosso entendimento, e, quando parece estar, deve ser investigada mais profundamente para verificar a sua autenticidade.

Para recebermos o sentido espiritual, precisamos mais de sentir que raciocinar. A Bíblia refere a expressão receber a palavra "no coração". Notemos que o desenvolvimento da consciência espiritual redunda em maior capacidade de intuir a harmonia do Ser. Compreendemos que nem a visão, nem o ouvido, o tato, o olfato ou o paladar podem-nos revelar a verdade espiritual ou sua harmonia; por isso, tal revelação só pode nos acontecer através de outra faculdade, a intuição, que atua pelo sentimento. A intuição é sempre a mensagem mais verdadeira, pois aquilo que pensarmos a seguir, pode-nos ser induzido em erro pelo nosso pensamento.

Numa cura Reiki, existem varias técnicas a seguir como visualização de cores em certos pontos energéticos ou chacras, mas a intuição leva-nos a entender a necessidade do paciente, estejamos atentos á intuição da transmissão da mensagem. (Sérgio e Conceição, desculpem se estou errado).

Até no momento meditar, vem de imediato uma enxurrada de palavras e pensamentos. Talvez estivéssemos começando a reafirmar a verdade e a rejeitar o erro. É, porém, evidente que isso ocorre completamente no domínio da mente humana. Ao cultivarmos o Reiki e o sentido espiritual tornamo-nos recetivos aos pensamentos que emanam das profundezas do nosso ser. Mais do que falar a Palavra, tornamo-nos seus ouvintes. Nesse estado, a sintonia com o guia espiritual é tal que sentimos a harmonia do Ser.

Transcendidos os cinco sentidos materiais, a nossa faculdade intuitiva fica desperta, recetiva e sensível às coisas do Espírito; e após este renascimento espiritual, começamos uma nova existência. Estávamos, até aqui, ocupados com a palavra da Verdade; e daqui em diante, nos ocuparemos apenas com o sentir a Verdade. Agora já não estamos a falar da verdade, mas sim recebendo a verdade, e aquilo que recebemos no silêncio, podemos falar abertamente e com autoridade.

O Reiki é a cura corporal, mas funciona, principalmente na antecipação dessa cura corporal com a sua atuação a nível espiritual, esse resultado é natural, e vem de uma consciência divinamente iluminada. Mas para nos tornarmos reikianos, esta iluminação só nos é dada na medida em que estejamos recetivos e sensíveis a ela. Temos de estar preparados para acontecer, existe o chamamento, assim como o meu para receber o curso nível 3.

Esta perceção, nos ensina a ser pacientes com aqueles que ainda lutam com a consciência material, mortal. E nós reikianos, com o Reiki, temos o dever de ajudar os nossos irmãos a estar em harmonia com universo. E viver assim. É estar no mundo, e não ser do mundo.

 

 
 
Comentar


Morada

Rua do Xisto 150 . Maia . Portugal
Tel: 96576 3788 
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Aqui tem acesso à nossa morada e dados de contacto. Após a sua visita online, aguardamos a sua visita presencial.

Newsletter

Inscreva-se na nossa lista de e-mails e será atualizado com as últimas notícias.

Registar na newsletter