Rua do Xisto nº 150,
4475-509 Nogueira Maia

(351) 913 089 277
geral@centroanastacia.com

Oddu: Ocana Meli (1-1)

|
Escrito por Okanbi / Omo Aggayú

oddu de ocana

ODDU: 

( 1 - 1 ) OKANA MEJI

 

O REFRÃO DIZ:

“Por um começa, e por um termina. Se não há bom não há mal.” (para que o mundo seja mundo, deve existir o bom e o mau).

 

OS ORISHAS QUE FALAM NESTE ODUN:

O morto, algallú, shangó, elegbará, jegguá, oyá, yemayá, obatalá.

 

GENERALIDADES:

Se escasseia de coisas materiais ou comidas. Se pensa em fazer uma viagem deve fazer um ebbó antes para que tudo lhe sai bem. Há um êxito, algo que só espera uma confirmação para vir e onde aguarda o êxito, mas deve fazer ebbó já que há obstáculos que impedem que receba o título ou cargo de importância. Corre o risco de ser vítima de uma tempestade ou relâmpago. Se fala de um membro da família que já é defunto e não lhe deram um enterro final. Há uma mulher, membro da família com problemas para ter filhos. A mulher abandona o seu marido e o anjo da guarda do homem não autorizou essa união. Não consuma os animais de sacrifícios porque perde a sua validade. O homem é mulherengo e a mulher gosta muitos de homens. Não vá para lugares onde não lhe tenham convidado porque passará uma vergonha ou uma agressão física. Há que dar de comer a Shangó, um galo e quiabo. Há risco de roubo de propriedades. Cuide-se muito de répteis. Este odu envolve a morte, falta de coragem, disputa de heranças, coisas encadeadas ou contagiosas, contrariedades, tragédias, desobediências, amarrações com bruxaria, drogas lícitas e ilícitas. Se fala de uma pessoa vingativa e matreira. Deve atender aos mortos. Se fala de maldições. Há inconformidades e ambições. A mulher enamora um homem casado e se criam problemas por isso. Os mortos fazem armadilhas aos vivos. Há quem o digam que é uma pessoa louca. Não deixe que o utilizem. Não gaste o seu dinheiro por gosto. Há guerras entre famílias por causa da religião. Cuide-se de uma operação por doença numa perna. Há uma viagem que proporcionará uma fortuna. Há notícias de uma morte repentina de três pessoas. Quando sair não diga nunca a onde vai, ou diga o contrário. Há um problema que se converterá em bem. Preste muita atenção o que diz esta letra, e ainda que venha em ire, há que fazer um ebbó. O conversador morre pela sua própria língua. Uma má sombra de um morto que lhe guarda rancor e persegue-lhe. Cuidado com os convites porque vai passar um grande susto. Há que limpar a casa e dar de comer a porta da mesma. Há que fazer uma missa aos defuntos.

 

web site de santeria cubana em portugal RECOMENDAÇÕES:


Há que fazer Yoko Ocha. Há que atender aos mortos, colocar água da chuva e outra de garrafa. Cuidar-se dos rins. Conformar-se com o que têm. Não queira mais do que pode ter. Cuidar-se de operações no ventre e na bexiga. Deformidade física, doenças contagiosas, dormência na coluna vertebral, dormência no estômago, problemas renais, hipertensão arterial, derrame cerebral, impotência sexual, dores nas pernas e braços. Cuide-se da impotência, e operação do ventre ou aparelho urinário. Fala egún. Anuncia a morte de três pessoas de repente. Trabalha em trabalhos fortes, por isso doem-lhe os braços. Representa a corda, rogações, doenças, as pedras porosas para filtrar a água, os cães, os coiotes, a vesícula biliar, o processo de cicatrização de feridas. A palavra humana apareceu sobre a terra. Nascem os trilhos. 
Aqui, os homens não reconhecem o bem que lhes fazem, o santeiro tampouco. Okana-meji é quando Shangó se converteu em ocanini com elegbará. Este odún assegura-lhe a invulnerabilidade contra as bruxarias, pintando okana-meji numa folha de batata-doce (malanga), e se deita água de forma que lhe caiam nas mãos lavando-as com essa agua, e deixando secar a folha, coloca aos jimáguas e depois se faz pó para soprar na porta. Aqui, se perdoam as faltas. Aqui a pessoa é mal-agradecida, altamente invejosa e orgulhosa, crê que têm tudo na vida, e que tudo se têm que fazer como eles creem que deve ser, mas perdem pela sua má cabeça. Para que um sacerdote filho de este oddun viva por muitos anos, deve procurar um filho de shangó sábio para que lhe prepare sabonetes de folha de seiva com o cérebro de qualquer animal.  Aqui é onde os mortos fazem armadilhas aos vivos. Este odún é onde ifá escolhe os seus sacerdotes. É um odún de descontento e arrogância. Odún de traição, tudo o que a pessoa tenha deve estar muito claro, porque em menos do que fazer desaparecer um galo, se volta a osogbo e fica-se sem nada. Quando sai este oddun, todos os sacrifícios materiais se fazem em dobro.

Quando sai este oddun, se a pessoa é pálida ou de pele branca, deve perguntar pelo parentesco, porque algo pode estar a faltar, se isto não se faz, o perigo de morte prematura é muito real. Não há maneira que essa pessoa especialmente se é baixa poderá prosperar na vida. No entanto, se a pessoa é de pele morena ou alta, deve ser filho verdadeiro de okana-meji que seguramente confronta um grande estado de fortuna. Pode ter um cargo de governo, e logo na vida ser um grande sacerdote de shangó ou vidente. A pessoa não pode usar embustes ou ambivalências. Por isso, os pálidos ou baixos tratariam de enganar e atraiçoar. Os filhos de okana-meji têm que cruzar muitas dificuldades na vida, antes de ver os seus sonhos realizados. Se é mulher, ela enamora um homem comprometido, e por ali pode vir a justiça. Quando okana-meji assiste alguém, o faz de coração. 

Mas se é provocado em agressão, o destrói irreparavelmente. Os filhos de okana-meji são perseverantes e perdoam. É a finalização do que construiu, não é destruidor, mas se provoca o seu final, se autodestrói. Se torna uma pessoa soberba e pouco analítica, irreflexiva e egoísta. Ao avançar é capaz de destruir tudo o que construiu para não deixar nada, nem sequer uma herança. A mesma pessoa provoca o seu fim sem se importar do esforço que fez por construir, e isto se relaciona com tudo, abandona amizades, não valoriza a sua família nem o emprego, ainda que se arrependa em seguida, coisa que nunca o dirá por não dar o seu braço a torcer.

 

PROIBIÇÕES:


Não se come feijão de cor e nem grãos negros, não ingere bebidas alcoólicas, não se come carne crua ou semicrua, não tenha gatos em casa. Evitar comer bananas e qualquer coisa que seja vermelha. Evitar dores de estômago. Não deve molhar-se com água da chuva. Não pode comer carne de rés, e nem galo, nem feijão-vermelho ou pretas.

Okanbi
Com a bênção de Meu Pai Aggayú e Yemanjá

Para qualquer outra questão sobre este texto, pode-nos escrever para o nosso correio eletrónico e darei mais explicações ou retirarei dúvidas.


 

Comentários   

0 #1 ursulla 06-07-2014 21:36
o q significa e suas características okana ika?
Citar

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Categoria: