Rua do Xisto nº 150,
4475-509 Nogueira Maia

(351) 913 089 277
geral@centroanastacia.com

Como é praticado o Reiki?

|
Escrito por Anastácia
como é praticado o reiki

Benefícios da energia curativa

PROCEDIMENTOS PADRÕES

Para se tirar o maior proveito possível da prática de Reiki há que criar um espaço. Deve o espaço físico seja suficientemente grande para não nos sentirmos atrofiados, por outro lado, é preciso criar um certo espaço mental que permita à mente expandir-se e à consciência despertar. O mais importante é ir para o tratamento de mente aberta.

 

Por as preocupações de parte

Os praticantes do Reiki acreditam não conseguir beneficiar totalmente da experiência, ao mesmo tempo, estiver concentrado nas suas preocupações. Há que pôr de parte alguma disponibilidade de tempo, na verdade, há que pôr de parte as preocupações, para que o Reiki possa fazer efeito. A simples decisão de se porem de lado as preocupações durante uma hora ajudará a tirar mais proveito da sessão e a absorver a energia que dela emana. É bom reservamos alguns minutos antes da sessão se iniciar para nos sentarmos e respiramos calmamente para meditarmos ao fundo para nos concentramos.

 

O que vestir

Devem usar roupas confortáveis que de modo algum tolham os movimentos ou impeçam o relaxamento durante a sessão. Não nos podemos também esquecer da temperatura da sala, quando estivermos deitados ou sentados sem nos mexermos, a temperatura do nosso corpo baixa, pelo que se torna importante que a sala não esteja fria. Quando se inicia uma sessão ou autocura costumam pedir que se tirem os sapatos, o cinto e os óculos e se recomendam que se retirem também o relógio e as joias no início do tratamento. Geralmente os transmissores de Reiki lavam as mãos antes de começarem o tratamento. É um ato de cortesia o recetor, por seu turno tomar um banho ou um duche e lavar a cabeça.

 

A Primeira Experiência

O primeiro tratamento de Reiki pode trazer consigo uma mudança significativa na vida do recetor. Mas pode não ser exatamente o que se espera. As reações das pessoas à primeira experiência com o Reiki variam consideravelmente, da perplexidade à serenidade, à excitação ou a alegria. Por vezes há também uma profunda libertação de emoções que leva o recetor a soluçar e depois a sentir-se a renascer. A dádiva do Reiki é a capacidade de relaxar e curar, pelo que qualquer que seja a reação inicial, o certo é que se embarcou numa viagem a todos os títulos positiva. Há quem sinta vontade de dormir depois do Reiki. É uma reação normal. A primeira sessão pode abrir novos horizontes, novos desafios e outras oportunidades. O Reiki pode abrir todo um conjunto de áreas da nossa consciência, levando-nos a penetrar em reinos mais vibratórios.

 

As reações após o tratamento ou autocura

As primeiras reações a um tratamento de Reiki podem surgir durante a própria sessão ou podem levar horas, ou mesmo dias, até se fazerem sentir. Nenhuma destas situações é incomum.  Há que sinta uma reação emocional violenta e se aborreça, irrite ou chore por tudo ou nada. Podem ainda surgir certos sintomas físicos, como calores ou dores de cabeça. São todas elas reações normais e a maior parte dos recetores apercebem-se de que passa rapidamente. O Reiki exerce frequentemente reações ao nível fisiológico pelo que a vontade de urinar se intensifica, bem como uma maior atividade da bexiga. São sinais positivos dum maior fluxo de energia e é só por si um ajuste da energia universal no seu corpo. 

Há também quem pense que depois de uma sessão consegue voltar a dormir melhor, isto após anos sofrendo de insónias. Depois de um tratamento pode sentir-se o que alguns praticantes de Reiki designam de "reação à cura" ou "crise da cura". 

Nestes casos a pessoa pode sentir-se temporariamente muito pior do que antes de iniciar o tratamento. Esta fase é normalmente de curta duração e mais tarde pode ser interpretada com o reequilíbrio e o centralizar duma força energética que até então causava algum distúrbio interior. Pode ser uma fase dolorosa e perturbante, mas que normalmente passa ao fim de algumas horas ou no dia seguinte.

 

 

Como colocar as mãos numa cura

Normalmente aprendemos as técnicas da autocura ou curas a outros frequentando um curso formal lecionado por um mestre de Reiki, quase sempre durante um fim de semana. Os praticantes afirmam que se é muita vez levada a aprender o Reiki no momento em que se mais precisa do relaxamento e da cura. Seja qual for o modo que se chega ao Reiki, qualquer mestre ou praticante poderá dizer que a sua descoberta e exploração constituem uma longa e valiosa jornada. Continua-se a aprender dia após dia, semana após semana, durante anos e anos, muito tempo depois de ser ter dado o primeiro passo. Não explicamos as posições das mãos sobre nós numa autocura ou nos outros, pois, a melhor forma será sempre necessária recorrer primeiramente a um curso de Reiki para sabermos mais como aplicar.

 

 
 

Comentários   

#1 Oscar Terra 07-07-2018 10:02
Sem dúvidas uma boa explicação.
Citar

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Categoria: