Rua do Xisto nº 150,
4475-509 Nogueira Maia

(351) 913 089 277
geral@centroanastacia.com

Quanto custa fazer um Sodo-Oricha (fazer santo)?

|
Escrito por Okanbi / Omo Aggayú

sodo-oricha

Estimados irmãos de Ocha. Quando se fala no assunto do dinheiro para se fazer um Santo sucede o mesmo quando nós temos um filho, que lhe damos tudo para evitar que passe pelas mesmas necessidades e provações que nós pais passamos no passado. Claro que falo no sentido geral da vida, pois não vamos e nem contabilizamos os gastos que tivemos a quando do nascimento dos nossos filhos. Quando falamos dos custos em fazer um Sodo-Oricha, no nosso inconsciente temos de colocar que isso é uma questão de princípios, pois quem vêm ao santo têm que demonstrar que se sacrifica por ele, e que de verdade queira entrar numa determinada casa santorial. 

santeria ou santaria cubana em portugal

Quando um santo se dá por Iroso nestes casos existem gastos que dependendo do santo são mais ou menos custosos e alguém os têm que pagar. Quero aclarar que não se trata de um simples addimus ou de um trabalho de desprendimento ou de limpeza, porque essas são coisas que muitos santeros dependendo da situação do seu "paciente" ou consultante, podem as fazer por caridade ou quando as circunstancias financeiras do cliente sejam poucas. 

Estamos falando de algo mais profundo e que incide nas bases desta religião, e isso tudo tem um custo elevado. Para que as pessoas possam ter uma ideia aproximada dos custos colocamos os valores (estimativas aproximadas) de três santos. Fazer um santo a Elleguá custa um valor de 4.000 euros, Shangó 3.500 euros e Obatalá perto de 5.000 euros. Todos estes valores incluem comidas para os santos, colares, direitos e roupas, e devemos acrescentar ainda a estadia e viagem se precisarmos de nos deslocar a um país diferente do nosso. Mais ainda devemos ter em mente que após a iniciação devemos acrescentar valores extras como o ebbo-meta (efetuado três meses posterior, e com um custo aproximado de 300 euros) e quando fazemos um ano de Santo. 

Nessa fase é entregue o quarto de santo ao Awo e tem custo cobrado pelo seu padrinho ou madrinha no valor de 500 euros. Não o façamos simplesmente por vaidade ou prestigio, ou ainda capricho pois o santo vale muito mais do que isso. Também não devemos procurar os mais baratos, pois sempre ouvi falar que o “barato sai caro” e nesta religião ou se faz as coisas bem ou temos a nossa vida encravada a partida. 

Deixo indicações dos custos e obrigações de um Awo (criança nesta religião) e recomendo a procurar ilés de Ocha que lhes garantam a partida uma qualidade e ensino adequado as suas necessidades.

 

Okanbi

Com a bênção de Meu Pai Aggayú e Yemanjá

Para qualquer outra questão sobre este texto, pode-nos escrever para o nosso correio eletrónico e darei mais explicações ou retirarei dúvidas.


Comentar


Código de segurança
Atualizar

Categoria: