Nossa Localização

Localização

ANASTÁCIA

Centro de Terapias Alternativas

Explicar o amor

  • Categoria: Textos
  • Publicado em quinta, 10 julho 2008 09:52
  • Escrito por Luís Miguel
  • Visualizações: 6668

Não sei explicar o amor...

Não sei explicar o amor, já muitos escritores e poetas tentaram fazê-lo por palavras, mas é inexplicável. Eu, pobre a nível literário, não sei fazer melhor, sei aquilo que Sinto.

Ai sim, tenho a certeza que sim, conheço o amor. O meu amor é puro. Hoje em dia, parece que ninguém ama de verdade. Já ninguém vive um amor platónico, um amor impossível, quem ama como no livro “amor de perdição”?. Hoje, não se ama se não houver razão, mas se houver razão, as pessoas amam, as pessoas amam porque a outra está mesmo ali ao lado, ou por desejo sexual barato e banal, ou por causa das contas, fica mais barato, o amor hoje tornou-se numa economia, uma economia diferente daquela que as famílias discutiam acordos de venda ou acordos nupciais para pagar dote de casamento.

Mas, meu amor é puro, porque é um amor platónico, um amor cego, é um amor doentio. O único amor que conheço, um amor de coragem, vontade de lutar, amar é ter ousadia de enfrentar o que vier, não é ser comodista nem cobarde, é um amor de verdade. Amar é oito ou oitenta, não pode ser quarenta. É branco ou preto, não pode ser cinzento. 

Ou se ama ou não, não pode ser “Nim”. Amor é simplesmente amor, é um estado que se sente, não que se escreve, amor é uma verdade, é uma certeza, não é dúvidas ou assim – assim. Paixão é uma ilusão bonita, não faz mal, é uma condição na vida, mas o amor é mais bonito que a vida. Ultrapassa a própria vida, não é uma condição terrestre mas algo que nos transcende.

O meu amor foi amor à primeira vista, não acredita? Acredite, pois quem ama como eu, não o pode negar. Logo, no primeiro instante, senti a certeza que ela (Fátima) era o meu amor, a minha alma gémea, aquele amor que ultrapassa qualquer dificuldade, qualquer percalço, qualquer lógica, esse é o meu amor. Tive a sorte de poder casar com alguém tão maravilhoso como ser humano, mas especialmente, és quem me completa, és a continuação do meu corpo, não um acessório, fazes parte de mim como eu faço parte de ti, estaremos sempre ligados neste e noutros mundos, porque somos um só.

 

 

 
 
 
 
 
Comentar


Morada

Rua do Xisto 150 . Maia . Portugal
Tel: 96576 3788 
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Aqui tem acesso à nossa morada e dados de contacto. Após a sua visita online, aguardamos a sua visita presencial.

Newsletter

Inscreva-se na nossa lista de e-mails e será atualizado com as últimas notícias.

Registar na newsletter