Rua do Xisto nº 150,
4475-509 Nogueira Maia

(351) 229 607 021
info@centroanastacia.com

Cigano Wladimir do Oriente

|
Escrito por Anastácia

A cigana no baralho de taro

Na astrologia cigana é Punhal

(nascidos a 21 de março a 20 de abril)

O punhal é símbolo de luta e poder, representa honra, êxitos e vitória. Os ciganos utilizavam este objeto para abrir matas, sendo por isso sinónimo de pioneirismo e superação. As pessoas nascidas sob este signo são de temperamento instintivo, coléricos e não controlam os sentimentos. São guerreiros por natureza, têm um elevado sentido de responsabilidade e gosto pela aventura. A sua inquietação natural encontra-se aliada a um espírito dinâmico e ativo. Estão permanentemente com os olhos voltados para o futuro, tentando descobrir o que está para lá de cada montanha e de cada colina.

Para estes nativos de Punhal o impossível é algo que não existe, pois vivem movida pela crença inabalável nas suas próprias capacidades. São indivíduos protetores, muito populares em sociedade, e a sua presença é sempre disputada, suscitando grande admiração pela forma corajosa como enfrentam os desafios. O santo padroeiro é São Nicolau, o cigano protetor é o Wladimir do Oriente, a flor o lótus, a vela a vermelha, o perfume a lavanda e o dia de sorte a terça-feira.

 

Cigano Wladimir do Oriente

Muitas histórias ouvimos sobre o cigano Wladimir, pois é o cigano muito falado por todos. Para mim este cigano é magnífico, ele nunca nos deixa sem uma resposta. Aparece com as seguintes características, moreno de olhos e cabelos pretos, conta a história que morreu por amor. Conta-se que Vladimir desejava uma mulher e o seu irmão também a amava. Por isso aceitou a proposta de um duelo entre ambos na disputa desse amor, e dirigiu-se então para o tal duelo. Porém, na hora exata de desfechar o golpe, percebeu ele que levaria vantagem, só que essa vantagem significava a possibilidade de matar o próprio irmão.

Aí então, Vladimir teve uma reação totalmente surpreendente para todos que assistiam o duelo, ou seja, não agrediu, ao contrário, não esboçou qualquer reação e assim então, acabou sendo apunhalado pelo próprio irmão, caindo morto em seguida. A continuidade da história tem um desfecho um tanto quanto trágico, pois a tal cigana vendo o seu amado caído no chão, morto com um punhal cravado no peito, caiu sobre o seu corpo e chorando retirou o punhal do peito de Vladimir, cravando-o em seguida no seu próprio peito, ato este que culminou também na sua morte. Assim conta a história sobre este cigano e sabemos que tocava violino e gostava de cantar, de roupas coloridas, dizem que muda de roupa conforme a lua:

Na lua cheia, ele usa blusão vermelho com colete e calça azul-turquesa, na lua crescente, blusão branco, colete e calça brancos rebordados com fios de prata, na lua nova, blusão azul-turquesa, colete e calça vermelhos rebordados com pedras coloridas e na lua minguante, blusão branco de mangas compridas, colete e calça marrons e uma faixa branca na cintura. Em todas as fases da lua ele usa na cintura uma faixa branca, na qual traz o seu punhal de prata.

 

Oração ao cigano Vladimir

“Ó glorioso e poderoso cigano Vladimir, neste instante, com o meu coração cheio da mais profunda fé, que me dirijo ao teu luminoso espírito, que tem poder e forças entre todas as entidades ciganas que hoje, como estrelas brilhando no infinito, são entidades que por misericórdia nos assistem nas nossas aflições. Em particular a ti, peço, querido cigano Vladimir, que me ampares, com o teu coração bondoso, jamais deixando que eu venha a cair sob o impulso das provas desta vida, protege o meu corpo, livrando-o das doenças, protege o meu coração, não deixando nunca que nele se abrigue o ódio, protege a minha mente, para que ela seja sempre abrigo de pensamentos positivos e de força. Protege a minha família, protege o meu caminho, livrando-me dos inimigos, da terra e do espaço. Por todo o bem que sei que fazes sempre, por todos aqueles que depositam fé incondicional em ti, é que peço à Santa Sara, a Padroeira Universal dos Ciganos, que encha o teu espírito de força, luz e poder, para que estejas sempre pronto a atender aos teus filhos, aos teus seguidores e a Deus, nosso Pai maior, peço que tome nos braços este filho tão querido que és e, ao lado dele, jamais esqueças de nós. Ó glorioso e bondoso cigano Vladimir”.

 

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Categoria: