Rua do Xisto nº 150,
4475-509 Nogueira Maia

(351) 229 607 021
info@centroanastacia.com

Cigano Rugero Malvasquez

|
Escrito por Anastácia

A cigana no baralho de taro

Na astrologia cigana é Moeda

(nascidos a 23 de setembro a 22 de outubro)

Ao longo dos tempos, a moeda sempre esteve associada ao equilíbrio e à justiça, bem como à riqueza material e espiritual (respetivamente representadas pela cara e pela coroa). Na cultura cigana, quem nasce sob este signo é alguém que vive de amores e sentimentos, com grandes talentos artísticos. É uma pessoa cordial, afetuosa, conciliadora, mas também um pouco indecisa. Os maiores artistas ciganos, conhecidos no mundo pertencem a este signo. É através da arte que realizam os seus sonhos, sendo dotadas de uma criatividade sem limites. Facilmente conquistam e seduzem o sexo oposto, vivendo em permanente alerta amoroso, à procura da paixão ideal. Sentem-se estimuladas quando têm de enfrentar desafios, são fiéis e dedicadas e, quando se apegam a uma pessoa, criam uma dependência quase mórbida. Espalham à sua volta otimismo e bondade, o que os torna muito populares. Procuram nas outras pessoas a beleza e a harmonia, tentando abstrair dos aspetos negativos. Quem nasce com o signo de Moeda é alguém que, mais dia, menos dia, se tornará reconhecida e será valorizada pelos seus dons naturais. O santo padroeiro é São Cosme e São Damião, o cigano protetor é Rugero Malvasquez, a flor a dália, a vela de cor amarela, o perfume a alfazema o dia de sorte a sexta-feira.

 

Cigano Rugero Malvasquez

Pouco ou nada se sabe deste guia cigano, mas o que contam os antigos é que Rugero Malvasquez tinha uma grande admiração pelo mundo e o conhecimento. Assim muito novo saiu de casa e decidiu viajar pelo país e procurar o conhecimento nas artes e da cultura local. Conheceu e cresceu com muitas pessoas que passaram na sua vida, e um dia apaixonou-se pela bela e atraente Gisela. Conheceu a vida de casado, teve filhos e teve muitos anos no mesmo local. Quando a vida acalmou, foi uma chamada de atenção para Rugero e decidiu que precisava voltar a viajar. Contou a sua esposa o que tinha em mente, e assim mais uma vez saiu a procura do conhecimento. Passados anos, as saudades da família venceram e voltou a antiga cidade e encontrou os seus filhos crescidos e já com família. O que mais aprendeu na vida, foi que a família é o centro da estabilidade, mas o seu desejo foi sempre mais forte em procurar aquilo que mais deseja – liberdade. Antes de morrer era um contador de histórias pelos locais que passou e pelas pessoas que conheceu.

 

Oração ao cigano Rugero Malvasquez

“Ó glorioso e poderoso cigano Rugero Malvasquez, neste instante, e com o meu coração cheio da mais profunda fé, que me dirijo ao teu luminoso espírito, que tem poder e forças para iluminar os meus caminhos. Em particular a ti, peço, querido cigano Rugero, que me ampares, com o teu coração bondoso, jamais deixando que eu venha a cair sob o impulso das provas desta vida, protege o meu corpo, livrando-o das doenças, protege o meu coração, não deixando nunca que nele se abrigue o ódio, protege a minha mente, para que ela seja sempre abrigo de pensamentos positivos e de força, protege a minha família, protege o meu caminho, livrando-me dos inimigos, da terra e do espaço. Confio em ti cigano e sei que fazes sempre, por todos aqueles que depositam fé incondicional em ti, por isso é que peço que encha o teu espírito de Força, Luz e Poder, para que estejas sempre pronto a atender os meus pedidos”.

 

 

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Categoria: