Rua do Xisto nº 150,
4475-509 Nogueira Maia

(351) 229 607 021
info@centroanastacia.com

Cigana Urdela

|
Escrito por Anastácia

A cigana no baralho de taro

Na astrologia cigana é Adaga

(nascidos a 23 de outubro a 21 de novembro)

Na tradição cigana, a adaga é entregue ao jovem quando ele sai da adolescência e entra na idade adulta. Por isso este signo é associado às grandes mudanças, e estas pessoas são atribuídos temperamentos forte e enigmático. Procuram aprofundar constantemente o que se passa à sua volta, são misteriosos, de emoções e sentimentos fortes e arrebatados. Os seus instintos são muito vincados, predominando sobre os aspetos da racional idade e da lógica. O orgulho, são excelentes observadores que por vezes tem dificuldade em comunicar as suas ideias. As suas personalidades impõem-se, e quando emitem opiniões fá-lo-ão com a maior segurança e conhecimento de causa, suscitando respeito e admiração.

Apresentam-se sempre cercados por uma aura de mistério que os tornam diferentes dos outros nativos. Tentam não revelar a sua vida íntima, evitando expor-se à curiosidade alheia. O seu ciúme e possessividade ofuscam muitas vezes o seu poder de atração e a sua sensualidade. Apaixonam-se com a mesma facilidade que odeiam, são exigentes com os outros, mas não perdoam nada, nem as suas próprias falhas, que jamais consegue esquecer. O santo padroeiro é o santo António, a cigana protetora a Urdela, a flor o crisântemo, a vela de cor vermelha, o perfume a almíscar e o dia de sorte a terça-feira.

 

Cigana Urdela

Muitas histórias podem ser contadas sobre a cigana Urdela, mas a quem tem sido mais próxima da realidade é aquele que irei contar em seguida. A Cigana Urdela nasceu no sec. XIV na cidade da Eritreia e foi como muitos ciganos da altura, mudando constantemente de cidade. Os seus pais trabalhavam em tecidos, que vendiam em feiras. A cigana Urdela sempre observou com cuidado e aprendeu cedo a arte de trabalhar o negócio dos pais. Cresceu e tornou uma comerciante conhecida e poderosa, pois tinha uma mente observadora e atenta, o que fez evoluir muito no mundo dos negócios. Passados anos, muitas pessoas que cobiçavam a sua fortuna decidiram que iriam assaltar e matar a cigana Urdela, e uma noite aproximaram do local onde pernoitava e entraram na habitação. Os instintos de Urdela avisaram do perigo que se aproximava e pegando numa adaga fez frente aos seus assaltantes que os feriu e fez que fugissem do local apressadamente nada levando. Assim ficou conhecida não somente por ser inteligente e sagaz, mas alguém que era lutadora. Deixou a sua fortuna para os desamparados e infelizes na vida que tinham perdido tudo e foi venerada por muitos e muitos anos.  

 

Oração a cigana Urdela

“Senhor. Fazei de mim um instrumento da vossa paz. Onde houver ódio, que eu leve o amor. Onde houver ofensa, que eu leve o perdão. Onde houver discórdia, que eu leve a união. Onde houver dúvidas, que eu leve a fé. Onde houver erro, que eu leve a verdade. Onde houver desespero, que eu leve a esperança. Onde houver tristeza, que eu leve a alegria. Onde houver trevas, que eu leve a luz. Gloriosa amiga e mestre cigana Urdela, Santa da simplicidade, do amor e da alegria, lançai sobre nós o vosso olhar cheio de bondade. Socorrei-nos em nossas necessidades espirituais e corporais. Rogai ao nosso Pai e Criador que nos conceda as graças que pedimos por vossa intercessão, vós que sempre fostes tão amiga dele. E inflamai o nosso coração de amor sempre maior a Deus e aos nossos irmãos, principalmente os mais necessitados”.

 

 

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Categoria: