Rua do Xisto nº 150,
4475-509 Nogueira Maia

(351) 913 089 277
geral@centroanastacia.com

Oddus de Ocha

|
Escrito por Okanbi / Omo Aggayú

Orichas - Ikú lobi ocha

Oddus de Ocha

Quando falamos dos Oddus de Ocha na Santeria, dizemos principalmente de uma das formas de comunicação entre os Orichas e o ser humano. Acredita-se que Olorun, o Omnipotente, Deus no dialeto africano, criou os quatros elementos: a terra, a água, o fogo e o ar. Destes foram gerados os elementos da natureza, que geraram todas as coisas vivas sobre o planeta. Foram atribuídos a cada um destes elementos quatro Odus, ou seja, quatro signos interligados dos destinos:

 

Terra

Odus: Iroso, Merinla, Marunla e Obbará.

Representam o caminho da tranquilidade e da riqueza.

Água

Odus: Eyioco, Osa, Eyeunle e Oché.

Representam o caminho da dúvida ao triunfo.

Ar

Odus: Ojuani, Offun, Ogundá e Aláfia.

Representam o caminho da indecisão até a paz.

Fogo

Odus: Okana, Odi, Metanlá e Meridiloggun.

Representam o caminho da insubordinação até a guerra.

 

 

Diz-se ainda que, nos primórdios dos tempos, não existia separação entre o céu e a terra (orum) e que havia uma convivência íntima entre os orichas e os seres humanos, e todos podiam ir ao órum (céu) e voltar quando desejassem. Porém, certo dia, o homem desonrou este compromisso com ólorum (Deus), pecou contra o supremo ao tocar o que não podia ser tocado, ou comer o que não devia ser comido.

Assim, o mesmo dividiu o céu e a terra. O privilégio da livre comunicação desapareceu em troca das diferentes formas oraculares estabelecidas e legadas por Orunla. Os odús são presságios, destinos, predestinação, e cada pessoa traz um odú de origem, e cada Oricha é governado por um ou mais odús. Cada odún possui um nome e características próprias e dividem-se em “caminhos” denominados “ese” onde está atado a um sem-número de mitos conhecidos como itàn ifá.

Odus são os signos de Ifá ou de Ochá, o resultado do jogo. Segundo as lendas da Santeria africana, os Odus representam os destinos criados por Olorum, com todas as características da vida quotidiana e baseados no comportamento e temperamento humano. Então, seriam os signos do destino que regem cada Oricha, que por sua vez, encaminham cada homem sobre a terra.

Os oddus são os principais responsáveis pelos destinos dos homens e do mundo que os cerca. Os orichas não mudam o destino da vida, mas sim executam as suas funções dentro da natureza libertando energia para que todos possam dela se alimentar. O odú é o caminho, a existência do destino o qual o oricha e todos os seres estão inseridos.

Já escutamos diversas vezes as seguintes frases. “Com o destino não se brinca” e “a sua vida esta escrita” ou ainda “o seu destino já estava escrito, por isso nada mais podes fazer”. Estas e muitas outras frases populares que se refere aos odús. Cada pessoa pode ir de encontro ou seguir um caminho diferente ao destino estabelecido, isso dizem que a mesma está com o Odu negativo (Osogbo), ou seja, a sua conduta foge as regras universais. De outra forma, segue um caminho negativo dentro do estabelecido. Então, está no oddu positivo (Iré), pois, segue na direção certa. Nós quando nascemos, somos regidos por um odú de ori (cabeça) que representa o nosso “eu” assim como odú de destino, espiritualidade, etc.

Desde já o meu obrigado,

Okanbi / Omo Algallú. 

 

 

búzio ou dillogun

 
1. OKANA SODDE

Refrão de este odún: Por um começo do mundo. Se não há bons, não há maus, para que o mundo seja mundo, que exista o bom e o mau. 

búzio ou dillogun

2. EYIOCO

Refrão de este odún: Ofa abure - flechas entre irmãos. 

búzio ou dillogun

3. OGUNDÁ

Refrão de este odún: A tragédia sempre vem acompanhada de traição, discussão e revolução. Tragédia por uma coisa, e tropeços com os mortos.

búzio ou dillogun

4. IROSO

Refrão de este odún: Nada sabe o que há no fundo do mar. 

búzio ou dillogun

5. OSHE

Refrão de este odún: O sangue corre pelas veias, existe vida.

búzio ou dillogun

6. OGBARÁ

Refrão de este odún: “obi icoru” rei morto, príncipe coroado. Um rei não diz mentiras.

búzio ou dillogun

7. ODDY

Refrão de este odún: Onde se abre um buraco pela primeira vez. Os peixes grandes se colhem no mar com um pouco de sorte e bom cebo de animal.

búzio ou dillogun

8. EYEUNLE

Refrão de este odún: A honestidade, brilha por sua ausência. É louco, ou fazes-te de louco. 

búzio ou dillogun

9. OSÁ

Refrão de este odún: A cabeça leva o corpo. Use a sua.

búzio ou dillogun

10. OFFÚN MAFFÚN

Refrão de este odún: A agulha é a que leva o fio. 

búzio ou dillogun

11. OJUANY CHOBER

Refrão de este odún: Desconfiança, não tirar agua em cestos. Ser agradecido tem a sua recompensa.

búzio ou dillogun

12. EYILA CHEVORA

Refrão de este odún: O soldado não dorme quando há guerra.

búzio ou dillogun

13. METANLA

Refrão de este odún: No sangue está o parasita. 

búzio ou dillogun

14. MERINLA

Refrão de este odún: Detrás de um bom homem, sempre há uma boa mulher.

búzio ou dillogun

15. MARUNLA

Refrão de este odún: Quando chove, o sapo se mete debaixo das pedras para se proteger. 

búzio ou dillogun

16. MERIDILOGÚN

Refrão de este odún: A venda que tem diante dos seus olhos, não deixam ver o seu nariz. 


 
 
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Categoria: