Rua do Xisto nº 150,
4475-509 Nogueira Maia

(351) 913 089 277
geral@centroanastacia.com

Oddu: Ocana Iroso (1-4)

|
Escrito por Okanbi / Omo Aggayú

Oddu: Ocana Iroso (1-4)

ODDÚ: 

OKANA IROZO ( 1 - 4 )

 

O REFRÃO DIZ:

“Revolução no corpo, hemorragia na boca, nariz e ano. Ao povoado onde fores, faz o que vires.”


OS ORISHAS QUE TE ACONSELHAM SÃO:

O morto, Algallú, Shangó, Elegbara, Jegguá, Oyá, Yemayá, Obatalá

 

GENERALIDADES:

web site de santeria cubanaA mulher não deve abandonar o seu marido já que há infidelidade da parte dela. Também deve ter cuidado para não ficar incapacitada por queimaduras ou quedas. Há roubo de pertencentes ou propriedades. Há problemas oculares por queimaduras. Limpe o seu negócio para que ande bem. O homem solteiro casará com uma mulher ligeiramente delgada e o seu primeiro filho será varão e o qual deve cuidar para que não ande por maus caminhos. Deve fazer os sacrifícios porque os seus inimigos serão mais fortes e você será mais débil economicamente. A mulher será pretendida por dois homens e corre o risco de não seleccionar o homem correcto. Há uma armadilha num objecto que lhe deram para guardar. Há uma difícil situação económica que olókun pode ajudar a superar. Nunca entre em primeiro numa casa ou na sua habitação. Numa viagem descobrirá algo importante. Há parasitas ou lombrigas intestinais. Conhecerá o sofrimento mas não morrerá por isso. Há vitórias de guerra, pequenos caminhos por andar, tranquilidade, paz, prosperidade e muitas viagens. A chave está nos sacrifícios múltiplos e sistemáticos a Eshu já que aqui as divindades o depreciam. 

Não aceite que lhe dêem tabaco porque ali vêm uma bruxaria. Os pais da mulher pensam que o homem da sua filha não é o indicado e têm razão. Faça sacrifícios antes de cruzar o mar. Não deixe que vivam pessoas desconhecidas em sua casa. Não faça trabalhos ilícitos com outra pessoa porque carregará a culpa. A pessoa é boa de coração mas um pouco louca. Assinala-se uma maldição. À terra que for, faça o que vir lá. Olhe por onde caminha porque os seus inimigos o querem derrubar por algo que você disse. Há algo que está fazendo e que não deve. A sua mulher pode adoecer.
Fala-se da diminuição da percepção das coisas, passam-se várias coisas mas a pessoa não as vê ou não sabe o que é. Isto leva a uma perda total da sua posição, há um buraco por onde se evaporou tudo o que tinha e porque o permitiu. 3-4 perda de dinheiro, 5-4 perda de saúde, 6-4 perdida de negócio ou emprego, 7-4 perda de relacionamentos amorosos, 8-4 perda emotiva que pode levar à loucura. Tiram coisas ou o roubam à pessoa e todavia não o sabe. Abra os olhos e verá que bem caminha.


RECOMENDAÇÕES:

Fala-se de uma herança ou que vai receber algum dinheiro, evite armadilhas em papeis, em seu mundo há enganos, intranquilidade, hipócrisia, inveja, falsidades, ciúmes, e averigúe de quem para que se afaste deles, há um doente na família, não confie os seus segredos, pense claro para que não se sinta como na prisão ou desesperado, tem vizinhos intrometidos, tenha cuidado com a corrente eléctrica e as velas, não se vista igual a ninguém. 


DOENÇAS RELACIONADAS COM O ODDÚ:

Epidemias, problemas menstruais, problemas no parto, problemas oculares, cegueira, falta de memória, problemas de coluna por quedas ou queimaduras, parasitas intestinais, erupções da pele.


PROIBIÇÕES:

Não cruze buracos, não mate lombrigas, não acenda fogueiras, não olhe o sol directamente, não aceite tabaco de prenda porque vem com bruxaria, não transporte facas, não coma banana, maçãs, pimentos, uvas vermelhas, mamão, carneiro, galo, não beba vinho tinto, não use roupas de desenhos ovais, não se sente em cadeiras sem fundo.

 

 


Okanbi
Com a bênção do meu Pai Aggayú e Yemanjá

Para qualquer outra questão sobre este texto, pode-nos escrever para o nosso correio eletrónico e darei mais explicações ou retirarei dúvidas.

 

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Categoria: