facebook 3 24  instagram 24  youtube 24
Redes Sociais

ANASTÁCIA

Centro de Terapias Alternativas

Reiki e a Medicina

  • Categoria: Textos
  • Publicado em quinta, 01 agosto 2019 11:20
  • Escrito por Sérgio Silveira
  • Visualizações: 3621

Avanços do Reiki na Medicina Tradicional

Anos de dedicação e esforços estão a ser recompensados com a aceitação pela organização mundial da saúde, que o Reiki pode vir a ocupar um espaço importante.

Ouvimos falar que após receber um diagnóstico duro, como o de cancro, por exemplo, aparecem as fases de recusa, revolta e fúria diante da doença.Além do tratamento pesado com quimioterapia ou radioterapia, os pacientes com este prognóstico estão cada vez mais, a procurar as terapias complementares, como:

Grupos de apoio a outros pacientes;

Aulas de Arte;

Terapia de Reiki (energização por meio das mãos);

Acupunctura;

Meditação.

 

TERAPIAS

Terapia ortomolecular e também fisioterapia para combater os efeitos da perda de sensibilidade nas mãos e pés, provocados pelo tratamento da medicina tradicional. As terapias complementares devem ser todas muito bem doseadas para não debilitar ainda mais o paciente. São uma extensão vital do tratamento químico e cirúrgico, indispensáveis, em diagnósticos de cancro, por exemplo.

O arsenal terapêutico complementar também inclui orientação nutricional e acompanhamento psicológico, quando necessário. É justamente na conjunção dos aspetos biológicos e psicológicos que atuam as terapias complementares, seguindo uma corrente que se intensificou nos últimos anos, especialmente nos EUA. 

São para já 38 universidades com linhas de estudo voltadas para essas novas áreas que interligam o tratamento oncológico além do tripé tradicional: cirurgia, quimioterapia e radioterapia. É um modelo que também tem demonstrado eficácia para minimizar os efeitos colaterais. Versões de programas como estes estão presentes em grandes centros de oncologia norte-americanos como o M.D. Anderson, além de universidades como Duke University, Stanford University, Columbia University, Mayo Clinic e Harvard Medical School.

ONDE ENCONTRAR SUPORTE PARA A ALMA

O tratamento oncológico pode causar complicações agudas e persistentes. Por isso, o paciente vive à sombra da possibilidade de novas doenças. É para este paciente que as terapias complementares podem ser muito valiosas. Em ambientes académicos nos quais reina a medicina tradicional, as experiências com abordagens que extrapolam o campo médico já se estão tornando comuns e atraindo profissionais de várias áreas.

 

COMO O REIKI PODE AUXILIAR

A dádiva do Reiki não é milagrosa e não deve ser entendida apenas como um recurso energético ou espiritual. O Reiki tem uma aplicação individual, que depende de exames e do histórico médico do paciente. Precisamos conhecer os seus vícios, os seus hábitos alimentares, de entre muitos outros fatores, antes de propor um tratamento.

 

NA PRÁTICA

No caso de ser um cancro, nestes casos o Reiki apoia o tratamento oncológico convencional, com uma terapia complementar. A reposição das nossas defesas e de antioxidantes serve para driblar os efeitos da quimioterapia e da radioterapia, atenuando os seus efeitos e ainda preservando o restante do organismo, que fica debilitado com a agressividade do tratamento.

 

QUANDO BEM APLICADA, O REIKI É UMA ALIADA DA SAÚDE

O princípio que norteia a nossa prática prega na aplicação de energia vital (conhecida na Rússia como energia bioplásmica) a diminuição dos oxidantes que o corpo produz naturalmente ao longo da vida, mas que, em excesso, promovem o desequilíbrio químico e estão por trás do envelhecimento celular e de inúmeras doenças.

Entre os causadores do excesso dessas moléculas estão o tabagismo, a poluição, o stress, a alimentação inadequada, o esforço físico exagerado e até a exposição a produtos químicos. Quanto mais uma pessoa fica exposta a esses agentes, maior é a quantidade de oxidantes (conhecidos por radicais livres) que ela acumula no corpo e maiores os riscos de ficar doente. Por outro lado, hábitos saudáveis, abandono dos vícios e uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes essenciais funcionam como agentes antioxidantes, diminuindo a quantidade de radicais livres.

 

Contactos

Rua do Xisto, n.º 150

4475-509 Maia . Portugal
Tel: 96576 3788 
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Aqui tem acesso à nossa morada e dados de contacto. Após a sua visita “online”, aguardamos a sua visita presencial.

Livro de Reclamações Eletrónico